Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Viste meu olhar perdido

Meu desespero acobertado

Meu choro sufocado

Estendeu-me a mão

Emprestou-me seu ombro

Chorei...

Sem nada dizer

Não precisava de palavras

E também não as cobrava

Ouviu meu pranto

Enxugava minhas lágrimas

Eu chorava...

Não me tinha vergonha

Não me continha

Parecia menina nos braços do pai

Você me acalentava

Sentia seu cuidado

Expressivo de quem entende

Eu soluçava...

Teu abraço tão terno

Teu silêncio compreensivo

Teu tempo doado as minhas lágrimas

Ouvi teu sorriso amigo

Que disse: “Conte sempre comigo!”


(J.L.)

1 comentários:

thalita luana disse...

“Conte sempre comigo!”

Perfeito Jeania..Lindo!