Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





A gente vai por aí

Andando sem rumo

Mergulhado nas nossas certezas

Só para cairmos dela

A gente vai por aí

Pensando saber amar

Amando o erro

Desamando o acerto

A gente vai por aí

Sozinhos, achando-nos sabedores

E pouco sabemos

De nós e dos outros

A gente vai por aí

Machucando quem nos deu amor

Querendo ser amado

E ficando cego por qualquer paixão

A gente vai por aí

Perdendo Deus de vista

Fazendo realidades tortas

Morrendo por dentro

A gente vai por aí

Vivendo dia-a-dia

Com algumas esperanças

Que de nada valem se não as atracarmos

A gente vai por aí

Entoando canções

E perdendo-nos nas melodias da vida

Vivendo ao léu de migalhas

A gente vai por aí

Cheios de orgulho

Nos impedindo de voltar

Ao simples amor

A gente vai por aí

Mendigando a quem não sente como nós

Vivendo de prazeres que enchem minutos finitos

Esquecendo-nos do eterno Amor bonito.

(J.L.)

2 comentários:

Machado de Carlos disse...

Os corações se entrelaçam. Nos olhares ouvem-se uma bela melodia!
... e o amor é a base para chegarmos felizes ao infinito!
Ótima semana para você!

Marion Lemos disse...

Lindo! Amei!
Levando a vida, e deixando a vida nos levar..atendendo prazeres finitos e esquecendo o eterno Amor bonito..
Ah, vamos repensar e mudar isso..
Amor esse sentimento por excelência..
Linda noite e ótima semana.
Grata pela agradável visita, fico muito feliz.

Um beijo na alma.

Marion