Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Composição : Dalvimar Gallo e Adelso Freire

Ferido por cravos e espinhos
Chagado por meus pecados
Sou eu lança na mão
O soldado que feriu seu sagrado coração
Despido diante dos olhos da mãe que tanto o amou
Sou eu o beijo que o traiu
Toda a dor que ele sentiu
A cruz que ele carregou
Morreu pregado no madeiro romano
Por mim sofreu a dor de um simples humano
E por amor tomou meus pecados
E me fez digno de ter salvação
Crucificado por minha rejeição
Como uma rosa esmagada ao chão
E por amor tomou meus pecados
E me fez digno de ter salvação

0 comentários: