Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





É verdade que não sei muita coisa
Que não entendo muitas coisas
Que teus mistérios Jesus, queria conhecer

Hoje celebramos a Páscoa
Meu coração se alegra por todo simbolismo
Que aqui expomos

E penso Senhor, que deva me perdoar
Pelas infinitas interrogações
Que pairam em minha mente

Não sou melhor que ninguém
Mas vejo muita maldade
E  muita simulação

Eu gostaria de ver mais verdade
Nas atitudes de muitos cristãos
E não apenas nome de cristão

Queria que findasse a hipocrisia
Que o nosso coração de fato estivesse em Ti
E que ressuscitássemos o amor aos irmãos.

( J.L.)





Acostumei-me assim
Está aqui pensando em você
Sentindo o amor ao peito
Recordando o tempo que passamos juntos

Foi pouco, mas foi bom
E fico mergulhada na saudade
Lembrando de teus carinhos
Que agora desejo mais

Teu jeito doce comigo
Ninguém há de imaginar
Nem eu mesma imaginava
Mas queria e quero

Mesmo não podendo estar contigo
O que mais gosto é de olhar-te
Ir ao fundo das tuas pupilas
E me encontrar.

( J. L.)




“A verdade é que a mentira sempre volta ao ponto de partida.” ( J.L.)







Quando você mente perde todas as suas razões. Quando você inventa e cria situações para enganar as pessoas você se torna a pior enganação.

A verdade tem um preço sim, pode doer, mas a mentira é como uma faca, corta os laços, corta a admiração, esfacela a afeição.

Fale sempre a verdade, não esconda, não invente mais mentiras para sustentar a primeira, porque acabará se tornando um vício. Ninguém vai deixar de lhe amar menos por falar a verdade nua e crua, mas muitos se afastarão quando não perceberem essa mesma verdade e verem falsidade nas tuas palavras pois ninguém consegue viver sendo enganado e fingir que está tudo bem. Saiba que as  pessoas se surpreendem com a verdade dita, mas elas se decepcionam com a mentira.

Por mais que se minta, há uma ânsia pela verdade, acredite, é por isso que ela sempre se manifesta, cedo ou tarde, ninguém é tão bom para manter uma mentira, elas próprias te traem porque existe gente de boa memória. 

( J.L.)




Hoje  com todas as complicações que tive
Percebi que será assim
Será sempre eu , sozinha
Ou algum amigo que me ajudará
Na medida possível

Confesso que chorei por estar só
Mas não tinha escolha
Eu precisei ser mais forte
Para chorar minha solidão
E a consciência da mesma

Um filme passa pela cabeça
Deus sabe como está meu coração
Mas nem quero pedir nada
Já cansei das frustrações
De esperar o que não podem me dar

Eu sei que sou muito diferente de tudo isso
Alguma razão deve existir
Que eu aprenda Meu Deus!
Estou só
Mas que eu veja quem me estende a mão.

( J.L.)




Ela me toma
Invade
Eleva
Confunde

Ela me externa
Interna
Expande
Reprime

Ela me completa
Desmonta
Transpassa
Falta

Ela me descreve
Versa
Ler
E me lêem

Ela é poesia
Tristeza
Ou alegria
É vida.

( J.L.)



Eu não sei o que esta vida ainda me reserva
O que sei é que Deus tem sido generoso comigo
Não sei se mereço, talvez eu nem mereça
Poderia fazer mais e não faço
Mas Deus tem falado ao meu coração
E tem me confortado nos momentos difíceis
 
E penso que estou no caminho certo
Mesmo com meus erros e minhas interrogações
Tenho tentado caminhar
Tenho tentado prosseguir
Já chorei por demais e foram tantas as decepções
Mas quem não as tem?

E quando me deparo pensando nesta vida
Acabo derramando mais lágrimas
E a fortaleza que tento ser desmorona
Diante de Deus, meu amigo
A quem posso confidenciar-me
E falar abertamente

Porque meu coração fica tão perdido
Confuso e inquieto
E busco em Deus refugio
Só Ele me conhece mais que eu mesma
Daí vem a bonança a esperança
Pois Ele acalma as tempestades que há em mim.

( J.L.)






Eu posso  gritar, chorar e mau dizer este amor
Que aqui se instalou e o tempo não curou
Que nas linhas da minha poesia
Vai deixando o rastro da tristeza infinda
E no coração a ferida machucada
Pelos dias corriqueiros, porém mergulhados em saudades
Das esperanças perdidas
E sentir quase que todos os dias o rosto ser tocado pelas lágrimas
E a alma repleta de uma  dor imprecisa.

Como dói ver um amor indo embora
Mesmo sabendo que não se tem mais o que fazer
Segui com o olhar e vi desaparecer no horizonte
Quem um dia me jurou amar por toda vida e sabia
Bem lá no fundo eu sabia, que esse horizonte
De fato, jamais seria meu.

(J.L.)