Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Não! Eu não volto

Voltar é dar um passo atrás

Eu prefiro passos adiante

Do novo, do desconhecido

Mesmo que seja com dificuldades

Voltar para mim não é nova oportunidade

Oportunidade é o que me vem

Não o que me volta

Eu recomeço...

Um novo caminho, de um jeito diferente

Lutei para não chegar a separação

Não queria e estava a disposição

De não deixar sua mão para que nem eu nem você

Seguissemos outro atalho

Mas você escolheu diferente

Sem mais certezas e com indecisões

Preferiu suas realidades de ilusões

Quando fiquei só tive de seguir outra estrada

Chorei e choro

E não é querendo voltar àquele ponto de partida

Ou esperando que retornes para mim

Minhas lágrimas eram e são,

Justamente por saber que, eu mesma,

Jamais voltaria.

(J.L.)

0 comentários: