Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Nem versos, nem flores

Nem presentes ou música

Poderiam traduzir tua essência


Não há um dia só para ti

Todos os dias és minha alegria

Meu arauto de ensinamento


Aprendi sempre contigo

Desde quando me ensinavas a andar

A falar e orar, escrever e sonhar

Da Verdade não me desviar


Sou Filha que as vezes me distancio

E não sei como me expressar

Tu és MÃE e vai além do que posso imaginar

Por isso que teu verbo é AMAR.


(J.L.)

2 comentários:

Rosália Aguiar disse...

LINDO JÊ!
SEMPRE TOCA MEU CORAÇÃO...
A FOTO É PERFEITA
TE ADORO AMIGA!

Melodias do Pensamento disse...

Amor maior e sagrado é esse!