Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Hoje foi um dia restrito

De choros internos

De lágrimas que rolam na alma


Hoje foi dia de olhar distante

De solidão que fere mais ainda

De coração apertado


Hoje foi dia de nó na garganta

De voz embargada

De poucas palavras


Hoje foi mais um dia que fiquei ali

Tentando encontrar explicações

Para diminuir meus tormentos


Hoje, fui incapaz de sorrir

Porque o que mais existe em mim

É tristeza que chora e chora sem fim.


(J.L.)



0 comentários: