Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Vou para onde devo

Longe de mim mesma

Deixando para trás

O que não acredito mais


Vou para onde devo

Distante das ilusões

Sozinha caminho

Vou pra longe das multidões


Vou para onde devo

Sem nada a esperar

Passos lentos no caminhar


Mas onde quer que vá

Oh sim! Levo em mim

As dores que fazem chorar.


( J.L.)


0 comentários: