Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Ah, que seria da vida se não houvesse o amor

Se ninguém fosse capaz de dar-se ao outro

E ali depositar sua confiança

Que seria se nós, vivêssemos apenas aleatoriamente

Sem relacionamentos, sem amizades profundas

Sem nos ligarmos a nada

Se não fosse o amor que impulsiona a muitos

Nesta luta de aprender, ampliar e expandir

Sair do eu em direção a outros e progredir

Talvez não houvesse mais mundo

Porque não haveria os que lutam pela defesa do meio ambiente

Nem pela vida humana e pelas necessidades que nos cercam

Escuto por ai que o amor já deixou de existir

Mas eu ainda vejo muitos lutando e construindo

Embora ajam milhares com uma ingratidão sem fim.

(J.L.)



0 comentários: