Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Com amor me entreguei

Com amor me dediquei

Para ao nada chegar

E as esperanças ver fracassar

Por amor eu suspirei

Por amor acreditei

Para o barco ver afundar

E os sonhos ter que sufocar

O amor é o que pode tornar comum

Porque um não ama por dois

E não há dois sem dedicação de cada um

Nem com amor valeu minhas investidas

Eu amava e lutava só

E só fiquei depois de tua partida.

(J.L.)


0 comentários: