Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Cada dia mais longe estou

Já gosto desta minha ausência

De observar distante

De silenciar meu riso


A gente vai se afastando

Do tempo e das coisas

De pessoas e de vontades

Já não é mais como antes


O que ficou foi bem pouco

E a qualidade não mudou

Um ou dois amigos ainda restou


Não preciso de muita coisa

Além de me refazer

O que vai e o que fica só eu sei dizer.


(J.L.)

0 comentários: