Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Meu silêncio grita

Na palavra que não é expressada

Na lágrima retraída

No olhar furtivo

Meu silêncio grita

Na escuta não entendida

No pensamento repudiado

No instante recriminado

Meu silêncio grita

Nas rimas da poesia

Nos versos soltos

No peito sufocado...


(J.L.)


0 comentários: