Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Hoje dediquei-me mais ao silêncio

Nenhuma palavra

Nenhum sorriso

Apenas o olhar perdido

Viajando nos pensamentos

Deixando a lágrima cair

Sem secá-las

Por medo que alguém veja

Trancada no meu canto

Na minha tão presente solidão

Sem ver o sol

Apenas o clarão lá fora

A noite chegou sem demora

E eu perdida em mim

Procuro silenciar a dor

Que já cansou de esconder-se.


(J.L.)


0 comentários: