Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Sabendo Senhor
Do quanto Tu nos atrai para Ti
Eu te agradeço por hoje
Naquele instante único
Em que Tu te revelavas ao meu coração cansado
"Quando a dor me consome, murmuro o Teu nome
e mesmo sofrendo, eu posso cantar..."

(J.L.)


Obrigado, Senhor

Obrigado, Senhor, porque és meu amigo.
Porque sempre comigo Tu estás a falar.
No perfume das flores, na harmonia das cores
E no mar que murmura o Teu nome a rezar.

Escondido tu estás no verde das florestas,
Nas aves em festa, no sol a brilhar.
Na sombra que abriga, na brisa amiga.
Na fonte que corre ligeira a cantar.

Te agradeço ainda porque na alegria,
Ou na dor de cada dia posso Te encontrar.
Quando a dor me consome, murmuro o Teu nome
E mesmo sofrendo, eu posso cantar.
Escondido tu estás...


0 comentários: