Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Sabe, muitas vezes eu queria não falar nada, queria deixar as coisas erradas acontecerem, não me importar com nada. Dizer como muitos dizem por ai: ”Não é comigo então deixa.”

Não sei por que me irrito com a injustiça. Por que tomo a causa dos outros como minhas. Por que falo o que penso quando me perguntam, se quando perguntam nunca querem ouvir o que tenho pra dizer.

Não sei por que eu tenho essa de querer ser sincera e expressar, se a maioria das pessoas preferem se enganar com coisas falsas.

Eu nem sei por que to escrevendo isso!

Porque se tem uma coisa que sei, é que não consigo deixar pra lá o que tenho como verdade, o que tenho como sinceridade, a minha opinião, meus pensamentos... e acabo me dando mal.

Não consigo ser indiferente a tudo isso.

(J.L.)


0 comentários: