Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!




Olho no olho
Riso no riso
Verdade na verdade
Eu sou assim
Olhe-me
Encare-me
Diga-me a verdade
Sem reservas
Sem medo
Sem suposições
O que é, é
O que quero, quero
Meios termos não é meu tipo
Eu não sei fingir
E não me esforço para acreditarem no que falo
Eu falo o que penso
E se não entende
Posso bem explicar
Mas não me retenha em nenhum pensar
Eu sou o que sou e quem quiser saber, saberá...


(J.L.)

0 comentários: