Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Naquela praia eu ancorei meu barco

Exausta de toda a viagem

Pareceu-me bom descansar ali

Tu me vinhas perfeito

Apresentando-me toda beleza

Da ilha exposta, dizia

Eu navegante inexperiente

Encantada com as formas

Nas palavras me agarrei

Veio a revolta das marés

Que não me incomodavam

Eu já estava decidida

Amar-te , amar-te

Era o que eu queria

Não importava ventania

Lutei bravamente

Lutei todos os dias

Lutei sozinha

Eu queria permanecer ali

Tive de voltar ao mar

Depois de tanto me enganar.


(J.L.)

0 comentários: