Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





São essas coisas loucas que acontecem
Quando você não consegue esconder
Quem você é e quem deixou de ser
Para tentar explicar e outro compreender

Tudo vai mudando
E hoje já não sou o que fui ontem
E muitos insistem no passado
Enquanto que eu já avancei mais um passo

Na direção do infinito eu vou
E para quem é meu amigo
Não está obrigado a concordar comigo

Há algo que eu desejo e vou encontrar
Más lembranças ficarão pra trás
Eu quero mais sem tanto faz.


(J.L.)

0 comentários: