Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Neste coração meio desajeitado você quer entrar
Vai desculpando moço
Mas já não ajeito a algum tempo
Não me foi mais tão necessário

Ficou assim desorganizado
Meio despreparado
Por isso costuma ficar trancado
Ficou tudo muito jogado

Agora tô meio desnorteada
Querendo te receber
Mas nem sei se posso
Nem sei se devo

Se tem coragem
Dê-me uma mão
Entra aqui e vem ajudar
Mas não reclama

Tudo podemos por no lugar
Se você encarar
No final te ofereço café
Regado de muitos cafunés.

P.S. Todos os dias!


(J.L.)

0 comentários: