Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Ah, por ti nem sei do que sou capaz
Eu quebraria todos os protocolos
Para te ter aqui
Para ouvir tua voz
Para sentir teu cheiro
Para beijar tua boca

Por ti, eu esqueceria de mim
Só para encontrar-me em ti
E ver-me em teus olhos
No brilho mais profundo de suas pupilas

É só dizer que assim desejas
Que ao me ver também sentes a química
Que paralisa as pálpebras
Tal qual a mudez das palavras
Sem saber que rumo tomar

E deixar, sim deixar nosso querer falar
E se falasse, ah, se falasse
O que o coração grita
Eu te escutaria
E por ti, simplesmente, me renderia.


( J. L.)


0 comentários: