Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!




Não, o medo não pertence a um coração decidido
Porque o amor é a coragem de dispor-se ao outro
É a entrega sem receio do que se é
Para juntar dois caminhos e dali tornar um só.
O amor é a decisão puramente de seguir
De investir, de olhar e sentir e contruir a felicidade
Pois o amor por si só é felicidade
E a felicidade por si só é o amar
E para quem a deseja não existe limites
E se existe é o próprio amar
É o entregar-se!

( J.L.)

0 comentários: