Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





* Cenas do Filme: A Paixão de Cristo ( Mel Gibson)

Quando o tentaram no deserto
Ainda assim Ele foi forte porque sabia sua missão;
Quando o traíram com um beijo
Ainda assim Ele chamou Judas de amigo;
Quando o negaram
Ainda assim Ele deixou a Pedro suas ovelhas para apascentar;
Quando o crucificaram
Ainda assim Ele pediu ao Pai para perdoar o que fizeram;
Quando negaram a verdade
Ainda assim, Ele não desistiu de nos salvar;

É por isso que Ele foi um grande líder, mesmo sendo Deus, Ele assumiu nossa condição, lavou nossos pés, sofreu calúnias e difamações. Veio cumprir sua missão e não se fez de vítima, Ele era o cordeiro. Não se escondeu atrás de seu poder nem poupou de ninguém a verdade revelada, Ele era a Verdade. Ele estava à frente de tudo, Ele ensinava como os discípulos deviam fazer e quando estes se alteravam Ele acalmava os ânimos, Ele era paz. Sua voz era ativa e nem precisava reivindicar diretos, Ele instigava a reflexão, Ele era inspiração. E Ele dividia o pão, o vinho, a sua vida, Ele conhecia a limitação de todos mas sabia onde cada um podia chegar e confiava, Ele era a Caridade.
Olhemos para Ele, o Cristo, e aprendamos em como sermos mais verdadeiros uns com os outros, a sermos inspiração para quem estiver ao nosso redor, a sermos caridosos no sentido mais amplo da palavra. Ele disse “Aprendei de mim”, porque sabia que suas ações podiam ser imitadas. Queira você, ser o melhor bem que alguém possa querer ser também.
(J.L.)

0 comentários: