Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Ninguém se prepara para a morte e ela não manda recado, surpreendente ela chega e leva consigo quem menos esperamos.E quem fica, se aplaca em choros, perguntas, inconformidades, enfim, são poucos os que logo se conformam por acreditarem que além, bem além tem algo melhor.

Tragédia, não pelo fato, mas pela forma, todos haveremos de morrer mas a forma traz grandes inconsolações, porém tragédia maior penso eu, é quando não soubemos ser melhores para quem a pouco tempo partiu ou para quem vai ficar.


Se você soubesse que alguém Amado partiria em 24h o que você faria? Perderia tempo brigando? Duvidando? Reclamando? Xingando? De cara feia? Ficaria sem falar?

E se você soubesse que morreria em 24h o que faria para aqueles que iria deixar aqui? Como se comportaria? Continuaria a pensar somente em si? Iria querer morrer com raiva ou buscaria o perdão de quem você ofendeu?

Não sabemos o dia e nem a hora e quantos de nós perdemos a oportunidade de abraçar, de se reconciliar, de viver melhor com pessoas que gostamos por orgulho e se vão ou ficam por aqui com a consciência que maltrata diante da brevidade da vida.

É por isso que gosto da frase: "não permita que as pessoas saiam da sua frente sem se sentirem melhores e mais felizes". E é por isso essa minha reflexão, quem leva e traz sorrisos sabe que pode partir a qualquer hora e será lembrado por isso e até os choros do momento se misturarão a risos por lembrança tão boas. Devemos viver assim, como se todos os dias fosse o dia, uma oportunidade que temos de ser e fazer os outros felizes.

Não vou entrar nem no contexto espiritual, porque quem ja vive assim creio que tem plena certeza do que há lá, depois que aqui jaz e só quem não se importa com isso é que vive como se não dependesse do tempo e o tempo mostra que pode devorar tudo em menos de segundos.

(J.L.)

0 comentários: