Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Quando olho as cicatrizes
Lembro que muito doeu
Que foi sofrido
Que tantas lágrimas derramei

Houve noites intermináveis
Dias difíceis
Horas de revoltas
Minutos de silêncios profundos

E o tempo foi um bom remédio
Sarou as feridas
Deixou marcas
E uma grande lição

Superei
Amadureci
Não esqueci
Sobrevivi.

(J.L.)


0 comentários: