Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Eu tenho aquela vontade
De ficar só no meu canto
De não ver lá fora o mundo
De silenciar dentro de mim

De chorar sozinha
Ouvir meus próprios lamentos
Sentir minha dor
Deixar o amor morrer aqui dentro

Mas de tanto que tento
A tristeza aumenta
Nada morre
Só vive pra ser tormento

E tenho que encarar todos
Rir como quem é feliz
Para que ninguém veja
O coração sangrando infeliz.


(J.L.)



0 comentários: