Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!






De volta aos teus braços
No aconchego do teu colo
Sinto-me assim
Tão eu e tão amada

E do passado não quero mais lembrar
Do tempo de espera
Das noites solitárias
E dos dias tão vazios

Eu sempre soube do seu amor
E há os empecilhos do caminho
Que nos afastam da verdadeira felicidade
Porque o fácil te trai a visão

E é de coração aberto
Que seguro de volta tuas mãos
E do ponto que havíamos deixado
Continuamos a nossa história

De volta aos teus braços
No aconchego do teu colo
A vida recomeça
A felicidade se renova.

( J.L.)

0 comentários: