Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Bem que podia ser diferente, a gente pensa
Mas diferente não poderia ser
Tinha que ser igual
Do jeito que foi

Para eu compreender e proclamar sim
Que Deus tem sonhos bons pra mim
E se eu não os alcançar
Foi porque não quis também sonhar

E é bem assim
Depois de tantas lágrimas
E questionar o silêncio de Deus
Que Ele se manifestou mais

Algumas coisas são precisas
Outras são mistérios
Que um dia Ele irá me revelar
Mesmo com tantos questionamentos antecipados.

( J.L.)

1 comentários:

Bicho do Mato disse...

Deus tem seus modos de manifestar, os quais nós, pigmeus, não podemos entender. Belo texto, querida. Abraços do Bicho do Mato.