Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!




EU AINDA NÃO SEI SENHOR, o que queres de mim, por vezes eu ando perdida, sem saber o que fazer, outras, sem saber o que dizer nem o que querer.Eu olho e vejo este mundo tão carente de amor, eu vejo o meu coração sangrando de dor e minhas lágrimas muitas vezes caem sem pudor.

Eu penso que caminho e outras pareço sem destino. Eu estendo a mão e procuro levantar e em outras alguém vem ao chão me deixar e como em uma prisão procuro me livrar.

Eu aprendi a amar e também a odiar, mas nunca Senhor, talvez nunca soube me expressar. Eu amo no intimo do meu ser , entendo também, deste-me esta compreensão, mas odeio Senhor, o que talvez eu não percebi e quem sabe até o que me impedi de ver.

Eu vejo e não só vejo, como também vivo, gente que não sabe amar, gente que não sabe viver e gente que faz morrer as esperanças de quem acredita. Gente que não acredita em si mesmo, que zomba dos sentimentos dos outros, que brinca com os outros.

Ah, Senhor! Por isso as vezes me revolto. Tu sabes como sou, anseio por um mundo mais sincero, porque meu coração grita pela verdade. É tão fácil Senhor, ser quem de fato somos, do que representar o tempo inteiro e colocar mascaras em nossos rostos que escondem nosso verdadeiro sorriso. É tão mais fácil dar as mãos e seguir a longa estrada do que ir sozinho e ficar desconfiado com tudo e com todos porque em algum momento da vida  não soubemos superar e nem perdoar o erro de talvez uma única pessoa e acabamos julgando a parte pelo todo.

Ah, Senhor! Eu sempre me acheguei a Ti, tenho sim muito que agradecer, não é somente o que asola meu coração que quero hoje falar, deste-me muito e isso não posso negar, conheci sim bons e grandes amigos, gente que me ajudou a pensar, que me apontou o caminho e me ajudou a caminhar, gente que nem da família era, mas que amou-me sem restrições e ainda me amam sem esperar nada em troca. Isso é bom, é muito bom ter quem nos ame. Uns rejeitam nosso amor, outros estão dispostos a se doarem. 

É tão imparcial esta situação, porque se eu aqui Deus, fico confusa por tudo isso, imagino agora Teu Coração que tanto nos ama e nós, muitos de nós te rejeita, te afasta, não queremos ser amados pelo Amor e imagino, que tamanho deve ser Tua ferida de amor.

Meu Senhor, eu tenho tanto pra falar-te, não sei ainda o que queres de mim, nem porque estou aqui, às vezes acho-me tão diferente de tudo isso. 

Onde é meu lugar Senhor? Onde?
Quero logo chegar…

E enquanto eu não encontro, guia meus passos e pensamentos e me ensina a AMAR e COMPREENDER mais, para que eu não julgue ninguém, mas para que eu aprenda a verdadeira fraternidade e humanidade de cada pessoa.

Guia-me Senhor! Guia-me…

( J.L.)

0 comentários: