Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





Ah saudade
Que fica dentro deste peito
Que chora no leito
Que lembra todo feito

Ah saudade
De ti nem endereço
De mim me perco
De nós não esqueço

Ah saudade
Para muito além de mim
Para uma ausência sem fim
Para o amor tão longe assim

Ah saudade
Sem saber como expressar
Sem saber o que falar
Sem saber como parar

Ah saudade
Só tu aqui num alarde
Só o aperto, que crueldade
Só tu, minha saudade!


(J.L.)

1 comentários:

ADRIANOURIEL disse...

gostei, compartilhei no meu face: www.facebook.com/ADRIANOURIEL

bjinhos