Deixo aqui um pouco de mim. Deixe-me um pouco de você!





O tempo hoje nos remete a um ano que se foi com esperanças de um outro que nos seja mais agradável e benéfico . O tempo, este senhor das horas que passam, que não temos domínio, muito menos sabemos o que nos aguarda minuto a minuto, nos mostra quão mutável somos, seres de transformação e em transformação, seres atuantes no tempo, num passado conhecido, um presente em vivência e um futuro de anseios profundos que nos tornam homens e mulheres marcados pelas experiências e aventureiros do desconhecido.

Vivemos, aprendemos e a cada hora podemos nos perceber numa situação inimaginável. O tempo que passa nada mais exige de nós que vivamos, intensamente, e descobrirmos que cada hora, minuto e segundo que passa vira esse passado e logo em seguida podemos fazer diferente.

Que seu novo ano seja assim, vivido com intensidade e não com amadorismo, como quem está em progresso mas já tem uma bagagem e sabe o que colocou na mala. Encha-a com tudo que aprendeu e ela lhe dará subsídios para novos dias.

Aproveite o tempo!
Aproveite a viagem de 2015!


(J.L.)

0 comentários: